Requisitos essenciais à prática mediúnica, Parte 1


Livro Aos Médiuns com Carinho, Cap. 11 – Mensagem Recebida no Lar de Teresa pelo Espírito Aurélio.
Muitas coisas são fundamentais ao desenvolvimento da mediunidade, este dom tão delicado e complexo que os homens recebem sem lhe dar o valor devido.
Entre os requisitos essenciais podemos destacar:
1. A disciplina mental;
2. O hábito da oração;
3. A perseverança no estudo;
4. O devotamento ao bem do próximo;
5. O cumprimento das tarefas encetadas;
6. A melhoria paulatina do ambiente psíquico através da vigilância;
7. A apuração da sensibiliddae pelo exercício da meditação e do recolhimento.
Poderíamos enumerar outros tantos, mas tentaremos esclarecer cada um desses itens, estudando-os convosco.

Displina Mental – é a condição de não deixarmos que o pensamento se disperse. As pessoas desorganizadas, isto é, aquelas cuja mente borboleteia por vários assuntos ao mesmo tempo, incapacitadas de levar um raciocínio até o fim, dificilmente poderão captar bem uma mensagem.
Como conseguir disciplina mental? Formando o hábito de refletir em torno de um assunto, observando o princípio, o meio e o fim do mesmo.
Exercita-se, tomando uma frase do Evangelho e tecendo em torno dela um raciocínio constante.
A reflexão, a meditação e a busca do raciocínio completo, arrumam a mente, abrem espaços para que a inspiração de mais Alto circule livremente, preenchendo as lacunas e impedindo as brechas por onde penetram sugestões inferiores.
Figuremos um quarto em desalinho. Quem quiser circular dentro dele, decerto tropeçará a cada momento. É o que acontece quando encontramos a mente indisciplinada.
A nossa idéia tropeça nas criações desarvoradas do Médium, impedindo a limpidez da mensagem.

Hábito da Oração – A oração é como uma antena que propicia a emissão e a recepção das forças espirituais. Pela oração, o Médium não apenas solicita, mas louva e agradece, segundo os ensinos dos Espíritos Benfeitores que ditaram a Codificação. Sendo assim, sem o hábito da oração, o médium se assemelha a um potente aparelho, mas incapacitado para um perfeito funcionamento por lhe faltarem os implementos indispensáveis.

Perseverança no Estudo – Médium sem estudo lembra alguém que se deslumbra com a beleza do mar e nele se lança, sem saber nadar. Existem muitos deslumbrados com a Mediunidade que, por não conhecerem seus complexos mecanismos, nem se adestrarem, convenientemente, terminam envolvidos nas armadilhas dos planos inferiores.
A força mediúnica é neutra como a eletricidade; Usá-la, convenientemente, depende de estudo específico, para que se evitem choques desnecessários.
Figuremos uma pessoa interessada no reparo de uma tomada elétrica. Se ela não se preocupa em aprender a lidar com os fios, não se lembra de desligar a chave correspondente ou não tem cuidado ao manipular a fita isolante, pode provovar um incêndio ou, no mínimo, receber choques desastrosos.
Formulamos esta imagem, porque já estamos prevendo que alguns companheiros lembrarão de Médiuns, que, sem nenhum conhecimento doutrinário, realizaram tarefas preciosas no campo da caridade. Mas lembramos que esses Médiuns, para conseguirem tais resultados, embora não sejam esclarecidos intelectualmente, em sua maioria são almas simples que trazem “desligadas as chaves do orgulho e da vaidade” e usam a fita isolante do “desinteresse pessoal”, com que conseguem então livrar as possíveis armadilhas dos planos inferiores a que nos referimos anteriormente.
De outras vezes, são almas que, trazendo em seus arquivos espirituais o necessário conhecimento, dispõem-se a servir junto às camadas mais humildes das comunidades. Entretanto, são logo reconhecidas pela sabedoria de seus conceitos e orientações, embora a singeleza das palavras.
Lembremos que Jesus nos advertiu que “conheceríamos a árvore pelos seus frutos e que a árvore boa não dá maus frutos e a árvore má não pode dar frutos bons

O restante continuará no próximo artigo, por ser demasiado longo para escrever em apenas um.

VN:F [1.9.22_1171]
Vote, sua opinião é importante.
Rating: 3.5/5 (4 votes cast)
Requisitos essenciais à prática mediúnica, Parte 1, 3.5 out of 5 based on 4 ratings
This entry was posted in Mediunidade and tagged , . Bookmark the permalink.

One Response to Requisitos essenciais à prática mediúnica, Parte 1

  1. sandra brayner says:

    Maravilhoso esse trabalho, estou lendo bastante sobre a mediunidade e a cada dia me sinto feliz por fazer parte dessa doutrina que tanto me conforta e fortalece

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *